segunda-feira, junho 02, 2008

Solidários com os pescadores, dizendo um claro NÃO ao Tratado de Lisboa

Foto daqui


Tarjeta do Partido Operário de Unidade Socialista (POUS)
Secção portuguesa da IVª Internacional


Todo o apoio à luta dos pescadores!
Meios compensatórios para garantir a sua sobrevivência!
Abaixo a ditadura da União Europeia!
União Livre das Nações Soberanas!

Em unidade completa, pescadores e armadores portugueses estão em greve, em simultâneo com os pescadores de Espanha, França e Itália.
Eles exigem dos respectivos governos meios compensatórios para permitir a sua sobrevivência, face ao aumento brutal do preço dos combustíveis.
Em três anos, estes aumentaram para o triplo, enquanto o preço do peixe nas lotas não pára de descer, deixando-os impossibilitados de poder suportar essa despesa, acrescida dos encargos com a Segurança social e com as taxas de capitania.
Armadores e pescadores ficam na ruína!



E o que responde o Governo português?


Comprometido com a União Europeia, faz suas as palavras do Comissário Europeu para a Pesca, afirmando que a solução não são apoios compensatórios, mas sim apoios para abater mais barcos, tornando a pesca “mais competitiva”!

Para os especuladores parasitas… todo o dinheiro!
Para os pescadores produtivos… que aguentem as consequências da crise!



Quando rebentou a bolha especulativa nos Estados Unidos da América, como resultado de milhões de trabalhadores americanos se verem obrigados a entregar as suas habitações, por não terem dinheiro para continuar a pagar as prestações das mesmas, o Banco Central Europeu (BCE) não hesitou em canalizar milhares de milhões de euros dos bancos centrais de cada país, para salvar os banqueiros e accionistas especuladores.
Mas agora, quando os mesmos especuladores provocam o aumento brutal dos preços do petróleo e dos alimentos, os povos que aguentem: “Já estão habituados aos sacrifícios”; “Os aumentos vieram para durar”; “É o mercado… não se pode fazer nada” – dizem os ministros que governam à conta da União Europeia.



Sim, os pescadores franceses têm razão ao dizer: “Basta de ditadura da União Europeia!”
Sim, tem razão o Presidente do Sindicato dos Pescadores da Galiza quando, em conferência de imprensa, em Vila do Conde, ao lado do presidente do Sindicato dos Pescadores do Norte de Portugal, declarou: Temos que “mostrar aos governos de Madrid, de Lisboa e de Bruxelas que os pescadores têm direito a viver do trabalho, sem precisar de emigrar ou optar por outra actividade, como tem acontecido.”
Sim, os pescadores têm direito a ser pescadores.




Não, à Comissão Europeia que, em vez de apoiar a pesca, está a destruí-la!



Sim, os pescadores têm o direito a indemnizações compensatórias, para poderem garantir a pesca como uma actividade produtiva nacional! Abaixo o BCE, que só se preocupa com aqueles que fazem fortunas com base na riqueza por outros produzida!

Solidários com os pescadores, solidários com a luta de todos os trabalhadores portugueses, contra o aprofundamento do já tão grave Código do Trabalho de Bagão Félix / Durão Barroso, pelo restabelecimento de todos os direitos laborais consignados na Constituição portuguesa, pedimos-lhe que assine a Carta ao povo da Irlanda, em apoio ao seu Não no referendo ao Tratado de Lisboa.



31 de Maio de 2008

Sede: Rua de Santo António da Glória, nº 52 B, cave C, 1250 – 217 Lisboa


8 comentários:

Ferroadas disse...

Maldito capitalismo, que tudo destrói, até a nossa alma.

BJS

Marreta disse...

Abaixo as pescas! Fomente-se a navegação de recreio! Gasóleo à borla para os iates de luxo!
Então esta porcaria é ou não um país de turismo?
Viva a Selecção Nacional!
Viva o Rock in Rio!
Viva a Sagres!
Vivam os Caracóis!
Saudações alcoolizadas do Marreta.

Zorze disse...

Amiga Kaótica tens e não tens razão.
Concordamos com a greve dos pescadores e armadores (já ultra endividados na banca) que estão a ficar asfixiados com esta subida especulativa dos combustíveis. E refira-se que é um nojo as embarcações de recreio e iates de luxo usufruirem do chamado gasóleo verde, enfim ...
Vem a UE dizer que falharam na politica de pescas. O abate da frota pesqueira, as quotas de pesca, etc. Mas é certo que na altura tinhamos uma frota desmesuradamente elevada. Conheço casos concretos pessoais que me dizem isso. Portanto nem 8 nem 80.
O facto é que os nossos pescadores não conseguem concorrer com os espanhois e as suas "sugadeiras" da pesca de arrasto.
O problema do sector é bem mais complicado e não é só com indemnizações que vai lá. O Estado somos todos nós.

Beijos,
Zorze

Kaotica disse...

ferroadas

O medo é que destrói a alma! O capitalismo o que dá é raiva de tão injusto que é. E essa raiva quando cresce vira a mesa!

Nã há pêxe nã há lula, o país tá fêto num cão!

Kaotica disse...

marreta

Esse é que é o problema. Uma verdadeira teoria da conspiração havia de dizer que está tudo feito de propósito (até essa sequência que aí vem!) Manobras de diversão!

Deixa lá: o vinho é que induca, o povo é que instrói!

Bebe mais uma por mim!

Kaotica disse...

Zorze

Parece-te bem que a solução indicada aos pescadores seja meterem-se em créditos bancários?

Mas quais subsídios? O subsídio que o governo devia dar era para apoiar esta actividade do sector primário que é importante manter num país à beira mar plantado. Não é os subsídios que a UE dá para destruir o que existe e entregar o negócio da pesca nas mãos dos espanhóis. E também é uma questão ambiental: os arrastões modernos arrasam com toda a fauna marinha. Querem melhorar a qualidade do pescado, dizem eles! Para os poucos que acabarão por o poder comer!
Desculpa mas desta vez não há 8 nem 80. Não podemos ir atrás da conversa de quem não hesita em destruir a nação para daí tirar lucros! O capital chegou a um ponto em que já só ganha destruindo.

Ferroadas disse...

A sardinha saíu da lota de Matosinhos (dia 20 de Maio) a 1,75€/Kilo e estava a ser vendida a escassos 500 metros, no mercado de local a 6,00€/Kilo.

Eu chamao a isto CAPITALISMO SELVAGEM.

Estes pulhas destes governantes, dizem-nos com a habitual cara de merda, é o "mercado a funcionar".

Que descaramento, que roubalheira, que grandes f...da p....

BJS

aDesenhar disse...

estou solidário com os pescadores
e pronto
não como peixe...

Blog Widget by LinkWithin