quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Eis um post que eu gostaria de ter feito e que acrescento...

A Origem do Mundo - Gustave Courbet

Pornografia é o quê?



Um irmão meu, antes do 25 de Abril de 74 (antes de 74 quer dizer no tempo do fascismo), foi multado pela polícia dos costumes, por ter sido apanhado a dar um beijo à namorada, no jardim público. O filme já está de volta. A regulação do gosto e dos costumes pela cartilha moralista-religiosa veio para ficar.

Etiquetas: corrupção, ideologias, palhaçadas

Depois da censura às micro-imagens de mulheres desnudas no Magalhães do Carnaval de Estarreja a polícia de Braga apreendeu vários exemplares de um livro de pintura que na capa reproduzia um quadro de o pintor Gustave Courbet, por sinal exposto no Museu D'Orsay em Paris, por considerarem a imagem pornográfica, posteriormente rectificado por constituir um "perigo contra a ordem pública".

Esqueceram-se da pornografia que interessa combater; aquela que o crime compensa; a de se pagar uma multa de 5 mil euros por um crime provado de corrupção na forma tentada, na ordem dos 200 mil euros.

Fernando

in coerências


… até porque todos os dias se ouvem notícias obscenas de coisas reais que acontecem e que lixam com F bem grande a vida de muitos trabalhadores e das suas famílias, mas ninguém detém essa gente!


E também porque ninguém se lembra de fiscalizar e questionar esses negócios instituídos da mais pútrida pornografia: por todo o lado deparamos com esses anúncios de gente oferecendo sexo explícito nos jornais, nas revistas, na televisão, na internet, por todo o lado um convite mediatizado à mais mediática das prostituições, com chulos de intermédio como empresas de publicidade, fotógrafos, tipógrafos, e senhores dos jornais e da televisão, gente como o Pinto Balsemão e outros patrões que vivem inclusive da indústria do sexo (quanto ganharão no final essas mulheres?)…


... que maior pornografia quando um ministro vende lá fora a nossa força de trabalho equiparando-nos aos chineses e garantindo ainda melhores preços...


… e porque a mentira também é pornográfica como a estrutura do sistema capitalista, as sociedades secretas e os grupos de interesse e de pressão que negoceiam em escandalosos tráficos de influência o nosso futuro em tom de deboche, como se não fosse o presente e o futuro de pessoas de carne e osso que estão irremediavelmente a comprometer e a endividar.


Como se a atitude de certos dirigentes sindicais não fosse pornográfica quando mais facilmente pedem o bodo para os pobres à Igreja do que conduzem as massas a exigir em conjunto os seus direitos à permanência e à dignidade do trabalho e a defender os seus direitos anteriormente conquistados.


Courbet apenas pintou o corpo de uma mulher tal como ele é, sem castração moral, sem qualquer tipo de pudor, recriando-o como A Origem do Mundo. Mas na cabeça dos polícias apenas surge a identificação com o filme pornográfico visto ao serão, com as fotos das revistas e jornais, imaginando assim a menina da televisão que aparece a convidar para uma cambalhota. Para um polícia aquilo é muito real para ser um quadro. Courbet, o realista deve rejubilar se pode ver a cena lá onde está o seu espírito. Mas nós aqui sobre a terra só nos lembramos dos episódios dos Magalhães e daquela mulher horrorosa da DREN e das mentiras do Sócrates, da falta de cultura e de senso desta governação que nos vem assombrando, dos episódios caricatos a sucederem-se. E lá no fundo do nosso pensamento colectivo sentimos uma espécie de ameaça a minar, um bafiento cinzentismo a penetrar como um bolor antigo e a corroer toda uma sociedade.








6 comentários:

AC disse...

A pintura é fantástica. Parece um fotografia. Só pelos lençóis é que se fica a perceber que é um quadro. Impressionante. E no século XIX.

Ludo Rex disse...

Vergonhoso, Simplesmente Vergonhoso!
Parece-me que tudo isto nos faz pensar na importância da Cultura na Formação dos Cidadãos…
Urge pois, uma Política Cultural séria e já!
Kiss

Fernando disse...

Que dizer mais de tudo isto? Obg pela referência simpática mas claramente exagerada.

Kaotica disse...

Ac

Sim, mais fantástica ainda por ser do século XIX, o que na altura já gerou bastante polémica, como não podia deixar de ser... agora o que ninguém suspeitava é que em pleno século XX ainda houvesse um pequeno país de ignorantes onde voltaria a dar brado!

Kaotica disse...

Ludo

Pois eles já se preparam para dar mais um golpe à cultura: aconselho uma vista de olhos aos programas de Português onde alguns dos conteúdos da Literatura mundial (para muitos única oportunidade para travar conhecimento!) vão sendo substituídos por textos menores incluídos no plano nacional de leitura para fazer o jeito a oportunistas vivaços: há tempos contaram-me uma história de um pequeno de 1o anos que dizia assim; ó avó a minha professora não deve ter lido o livro: estou agora a chegar a uma cena de sexo e não percebo nada! Além disso o livro está cheio de cenas de violência doméstica, etc. etc.
Será que o presidente Cavaco, que apoia o PNL dá estes livros edificantes aos seus netinhos para ler ou é ele que os lê à noite à sua Maria?

Kaotica disse...

Fernando

Não é exagero: eu disse apenas que seria o post que eu gostaria de ter feito ontem, nada mais. Além disso estava com uma crise de falta de assunto e apoiei-me no teu post para me inspirar porque gostei dele.

Blog Widget by LinkWithin