quarta-feira, maio 05, 2010

APELO À PARTICIPAÇÃO NA MARCHA IBÉRICA CONTRA A CRISE

DIA 5/MAIO, 18H, LARGO DE S. DOMINGOS (FRENTE À GINJINHA DO ROSSIO), LISBOA

DIA 6/MAIO, 18H, PRAÇA DA LIBERDADE, PORTO

Concentração
Marcha ibérica contra o capital e a guerra

É claro para todos que a “crise” do capital financeiro está a ser transferida para os trabalhadores e povos europeus.

Em Portugal, querem que a paguemos com:

  • Um desemprego de 10.3%
  • Um deficit público que nos onera, a cada um, em € 1332
  • Um PEC recheado de restrições e sacrifícios para trabalhadores e pobres, poupando os rendimentos dos grupos financeiros

O capitalismo global, inseguro, desenvolve guerras para controlar as rotas do petróleo, do gás e do ópio e quer que paguemos com:

  • Gastos directos com a defesa que, em Portugal, custam a cada um de nós, € 228, (+ 15.8% que em 2009)
  • E exige a presença de 263 militares no Afeganistão, pagos com a redução dos nossos rendimentos.

É tempo de se construir a unidade de acção entre os trabalhadores e os povos de toda a Europa, contra o capitalismo e a guerra. O momento da presidência espanhola da UE é uma boa altura para nos manifestarmos em conjunto.

Em Lisboa (5 de Maio) e no Porto (6 de Maio), a PAGAN vai organizar concentrações contra o capital e a guerra, como parte de uma Marcha que, partindo de várias cidades ibéricas chegará a Madrid no dia 14.

Apelamos a todos os que sejam contra a guerra, o desemprego e outros sacrifícios para enriquecer os capitalistas que marquem presença em Lisboa.

1 comentário:

Pata Negra disse...

Está em marcha uma candidatura verdadeiramente revolucionária à presidência da república. Para que ela ganhe dimensão pública suficiente para acordar uma democracia, adormecida nos sofás que estão frente às televisões dos portugueses, é necessário que assines e divulgues, por tudo o que é WEB, a petição "Pata Negra à presidência da República" em http://www.ipetitions.com/petition/patanegra/

Blog Widget by LinkWithin