sábado, novembro 25, 2006

25 de Novembro de 1975: o princípio do fim?

Se o 25 de Abril não tivesse acabado no próprio dia em que aconteceu,
no momento em que Salgueiro Maia caiu na esparrela do Otelo
e entregou a revolução nas mãos do facínora Spínola,
eu diria que faz hoje, dia 25 de Novembro,
anos que a Revolução dos Cravos irremediavelmente
murchou(ainda guardo renitente um velho cravo para mim)

2 comentários:

Jorge P.G. disse...

Pois!...
Embora nada nos garanta que não poderia ter murchado depois, na verdade é que naquele momento, pelo menos um ideal morreu.

Um abraço.

Jorge G - de "O Sino da Aldeia" porque avisar é preciso

Kaotica disse...

Jorge p.g.

Obrigada pela visita. Fiquei curiosa de conhecer o Sino, já lá fui e gostei!

Morreu um ideal não, morreu Portugal! (hoje estou ainda mais dramática do que é costume!)Mas que alguma coisa boa morreu nesse dia em que ganhou o fascisudo Eanes, ai disso não duvides!

Abraço!

Blog Widget by LinkWithin