sexta-feira, dezembro 08, 2006

Ouvindo Elis Regina...

Salvador Dali, Destino, 1946 an image inspired from Zeus Otricoli , The destiny of Dali's Destino


A Banca do Destino [Elis Regina]
Composição: Billy Blanco


Não fala com pobre, não dá mão a preto

Não carrega embrulho

Pra que tanta pose, doutor

Pra que esse orgulho

A bruxa que é cega esbarra na gente

E a vida estanca

O enfarte lhe pega, doutor

E acaba essa banca

A vaidade é assim, põe o bobo no alto

E retira a escada

Mas fica por perto esperando sentada

Mais cedo ou mais tarde ele acaba no chão

Mais alto o coqueiro, maior é o tombo do coco afinal

Todo mundo é igual quando a vida termina

Com terra em cima e na horizontal

2 comentários:

PiresF disse...

Lembrete.

É já no próximo domingo dia 10, pelas 21 horas de Portugal e 17 horas do Brasil, que se realiza a 5ª edição do Canto de Contos.
O desafio desta edição 5ª edição, tem por mote o tema de Natal como sabem e todos os contos devem ser publicados à hora marcada.

Os membros desafiados são:

Bill - Realidade Torta
Clarissa - Instantes Clarissa
Conteúdo Latente - Conteúdo Manifesto
Ipslon - Tetros
Isa - Piano
Maite - A quilómetros de mim
Parrot - Incomplete
Pedro Pinto - Sexta Feira-Thales
PiresF - A Rua dos Contos
Raquel - (…)
Rui Semblano - A Sombra
Vanessa - Voz Calada

Convidados a participarem pela primeira vez e que, a partir desta sua participação, integrarão de pleno direito o Canto de Contos, recebendo o logotipo da autoria do Rui Semblano e a permissão de o exibirem, se assim o entenderem, nos seus blogs:

Beatriz – Se perguntarem por mim, digam que voei
Kaotica - O Pafuncio
Klatuu - Crónicas da Peste
Legivel - Papel de Fantasia
Luís teixeira - Chama Lunar
Rafaela - Fragmentos de um Espelho
Ruy Soares - Blogdoruy
TB - Linhas de Pensamento
Teresa Durães - Voando por aí

Se todos participarem, teremos a publicação 21 Contos de Natal inéditos, em simultâneo na blogosfera.
Um abraço a todos e os melhores votos de uma excelente participação.

Anónimo disse...

Billy Blanco é um cara muito bom em temas sociais, mas não queiram conhecê-lo pessoalmente. É muito antipático. Fechadão e seco com os circunstantes.

Blog Widget by LinkWithin