domingo, setembro 30, 2007

Provas de populismo

Vitória de Filipe Menezes é prova de populismo
Louçã, O Primeiro de Janeiro

E a vitória do Sócrates? Ou a vitória de Cavaco? E qualquer eleição, não é ela populista? Não são todas as eleições populistas? Democracia quer dizer poder do povo e não poder do demo, o que eles parecem ignorar. O mal é que a Democracia é um sistema que tem que auto-gerar mecanismos para conter o povo de tomar o poder para que os "representantes do povo " no poder se possam auto-manter. O povo escolhe um governo e a partir daí este governo enfraquece cada vez mais a vontade popular, fazendo tudo ao contrário do que o povo esperava dele.

Agora nos partidos é lá com eles. Não é esta oposição pelo poder -- e não pela mudança de políticas -- que a mim me entusiasma. Marques Mendes ou Luís Meneses, venha o diabo e escolha! A direita está hoje a deslizar para fora do sistema; como alguém já disse: todo o seu espaço político de direita está hoje ocupado (e minado) pelo partido socialista, que de socialista só lhe resta o nome. Como pode um partido socialista no governo extingir o social?
O pior é quando partidos ditos diferentes, de esquerda e trotskistas e o diabo a quatro, vêm num gesto populista condenar os gestos populistas dos outros. E se o que estiver a dar, se o que for populista, for seguir a linha da união europeia, então defende-se esta linha, mesmo que ela jamais possa coadunar-se com a máscara trotskista que envergam.
São como o Mendes que, no outro dia , em vésperas de campanha eleitoral, dava gritinhos de cima da tribuna em jeito de propaganda, agitando as hostes contra a propaganda descarada dos ministros a distribuir computadores pelas escolas. Soou tão ridículo que só deu vontade de rir.

Propaganda contra propaganda. Propaganda, eis o vosso modo de chegar ao povo. Populistas, o vosso povo são os que vos acreditam e cegos vos apoiam, porque acreditam no que lhes dizem para não se dar ao trabalho de não acreditar. São eles que vos elegem e vos suportam. E quando já não suportam, votam noutro, igualmente pior. E quanto maior for a maioria, mais a propaganda e o populismo se aguçam, como acontece com o governo Sócrates, que excede todas as expectativas em termos de populismo. Quanto ao Louçã, se um dia lá chegar eu quero ver se muda as políticas ou se se adapta às circunstâncias, como já parece estar a adaptar. Um dos seus obstáculos ao poder é que ele não vê o populismo com bons olhos. Pelo menos o populismo dos outros. E está no seu direito. Vivemos ou não vivemos em democracia? Ou será a nossa Democracia uma Populistocracia? (vide Texto interessante sobre o assunto)

4 comentários:

sa morais disse...

Olá!

Também me parece que quando alguém diz uma verdade, dando voz ao que vai na alma do povo, logo lhe caem em cima, acusando-o de populismo. Até gostava de ver uma politica mais populista e menos snobista, grupista, interesseirista, etc, etc... O problema é que realmente muitos só se lembram dessa "voz popular" para agradar à malta e sacar votos... Tudo uma boa cambada de vigaros, da esquerda à direita! Infelizmente...

Bom post!

jinhos!

blueminerva disse...

- O Sr. Dr. é um pequeno tirano.
- Não, não, não! O Sr. Dr. é que é maligno.
- Não senhor. O Sr. Dr. é que é maligno e incompetente.
- Não, não, o Sr. Dr. é que é incompetente e populista.
- Não, o senhor.
- Não, o Sr. Dr é que é.
- O senhor.
- O senhor.
- Não, o senhor...
- O senhor...

Enfim.... a campanha das directas no PSD mas parecia um sketch dos Gato Fedorento.
Bjs

Kaotica disse...

Olá Sa, sejas muito bem aparecido. De facto, é triste mas é a essa conclusão a que se chega. Mas mais do que nunca salvadores da pátria desinteressados precisam-se. Alguém que ousasse defender os nossos interesses na UE. Só que, pelo contrário, hoje todo o dia ouvi falar nos barões, de quem ninguém diz o nome mas que todos sabemos se movem nas trevas prontos a apunhalar os do seu próprio partido. Nunca a palavra militantes me soou tão mal como nestas eleições do PSD. Reparaste no modo como se tratam dois "militantes" do mesmo partido (Mendes & Menezes)?

Um abraço

Kaotica disse...

Blueminerva

Onde é que pensas que os Gatos vão beber a inspiração? Nem mais: esse diálogo é deveras inspirador. Muito bem apanhado!

Um abraço

Blog Widget by LinkWithin