quarta-feira, janeiro 23, 2008

Espantástico Cavaco!


No dia em que fez dois anos na presidência da república, Cavaco Silva em visita à cozinha conventual do Mosteiro de Arouca, onde estavam expostas doçarias e produtos tradicionais da região, disse a sua primeira graçola: «E, então, a ASAE ainda não veio cá?» - perguntou a múmia num esgar jocosinho, que só teve piada pela referência óbvia e não pela graça da sua majestade. Por todos os meios de comunicação fez-se passar a mensagem de que o presidente senhor Silva é querido de todos. Não ouvi qualquer referência a vozes discordantes nem a vaias. E no entanto elas existiram. Cavaco foi hoje vaiado e eu se lá estivesse também o teria vaiado, que é o mínimo que posso fazer. Ouvi-o hoje nos noticiários a auto-elogiar a sua clarividência visionária, qualquer coisa como: eu não vos tinha avisado que vinham aí tempos difíceis para os trabalhadores? (no discurso natalácio) Estão a ver as bolsas em queda? A crise mundial? Eu sabia que os tempos não iam ser fáceis, eu avisei-vos de que só com muito trabalhinho, porreirinho da silva, e com "as políticas correctas..." (sabemos ao que se refere: as pessoas continuarem a apertar o cinto!). Já repararam que quando as bolsas andam em alta, ninguém vem dizer que se vai distribuir o milho pelos pardais. E no entanto, nessas alturas, uns poucos enriquecem instantaneamente; mas quando as bolsas estão em queda e anda tudo ó tio, ó tio, logo aparecem estes senhores, estes vates mumificados, a dizer que todos temos que pagar a crise; o que, logo a seguir, se há-de sentir nos bolsos cada vez mais vazios da populaça (e agora cada vez mais nos da classe média, que se devia passar a chamar "classe merdia"). Senhor presidente, nós sabemos que já sabia disto tudo. Aliás tudo isto faz parte de um programa que tem o objectivo de enriquecer poucos com o dinheiro de todos nós. Por isso, para si, aqui vai o meu assobio em protesto para dois anos do mais completo cinismo e pobreza franciscana ao nível das ideias!

FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!

4 comentários:

JDias disse...

Com este tipo na "presidência" foram dois anos de beija-mão ao Sócrates. As ideias não são muitas (a idade pesa), e os chorudos ordenados, reformas e outras mordomias, fazem do Cavaco um deixa-andar.

Aliás, é de uma hipócrisia gritante o discurso de que os administradores e outros que tais ganham muito em detrimento de quem verga a mola (esta de verga a mola é minha), esquecemdo-se porém da quantidade de massa que lhe entra nos bolsos todos os meses, paga por todos nós.

BJS

Marreta disse...

Assobio? Só? Não se arranjariam umas bananas podres?
Saudações do Marreta.

Kaotica disse...

Não me parece que seja um problema de idade. Acho que neste caso é um problema de tacanhez e de bota de elástico. Também não sei se o dinheiro será assim tão chorudo, as mordomias sim e o status: de borra-botas a presidente vai uma grande subida na grande pirâmide. O resto é o paleio salazarento feito à medida do povinho, uma grande dose de cinismo, de hipocrisia e de caridadezinha q.b.

Abraços

Kaotica disse...

Marreta

Eu disse que era o mínimo, mais a mais aceitam-se propostas: bananas podres, concordo, desde que mesmo muito podres. E que tal uns perdigotos de bolo-rei bolorento do Natal passado?

Fica bem!

Blog Widget by LinkWithin