quarta-feira, agosto 20, 2008

Hoje não aconteceu.

Image Hosted by ImageShack.us

Imagem daqui

Não, o dia de hoje não aconteceu. Não aconteceu chegarmos à praia como é de costume. Não aconteceu o mergulho no mar. Houve um daqueles PUM PUm Pum pum e felizmente não aconteceu senão um furo, mas um furo dos que a borracha desincha por completo e a chapa bate no asfalto. Mulher ao volante controlou a situação. Íamos devagar de tanta criança nos bancos de trás. Não aconteceu o desastre, por isso apesar do dia não ter rendido uma ida à praia, mas antes uma espera na beira da estrada, ganhámos o dia e conhecemos gente. No regresso a casa depois de sucessivos grupos de heróis nos terem ajudado a mudar o pneu, não havia que jantar. E não deixou de ser surrealista a cena mais comum de vermos um homem com um frango assado de baixo do braço saindo do restaurante mas afinal não havia por ali frangos assados. Saímos procurando um para levar para casa e essa nossa “caçada” levou-nos a procurar outro lugar onde pudéssemos encontrar frangos assados. Fomos parar ao Sr. Grelhado, da Luzia, fã esposa do Júlio da rádio, que gosta de música e que, para além disso, é muito simpático.
Conversa puxa conversa, feijoada de búzios também há por encomenda? Saímos de lá sem frango, porque todos estavam já reservados (o frango assado também não aconteceu hoje!), mas com umas salsichas na brasa, jantar alternativo, e com o almoço de Sábado já apalavrado, digo encomendado, para ir buscar três doses da feijoada. Com este tipo de fast food já me identifico muito mais do que com as outras, as mais institucionalizadas, as cadeias alimentares, McDonald’s e Pizzas Hut e outras coisas reles com que nos aliciam a ser obesos satisfeitos com a situação. Pode não ter sido tão “fast” como isso mas deu para uma boa dose de conversação e para ficar a conhecer um lugar onde se há-de voltar. Bebemos umas bejecas. Esperámos, mas não estivemos à espera. Continuámos bebendo cerveja já mesmo em casa ao jantar, mais conversa e o sono ainda não aconteceu.

2 comentários:

Moriae disse...

Belo dia! Brindo a esse dia :-)
'Mulher ao volante controlou a situação' , é uma bela expressão! E com as crianças e depois terminar em beleza .... bolas que me apetecia ter estado por aí!

bjos amiga

Kaotica disse...

Só me esqueci de contar o verdadeiro motivo porque não conseguimos solucionar o problema sem ajuda: faltava a chave-estrela xpto de segurança, sem a qual não seria possível mudar o bendito pneu -- a não ser com a força e a perícia de quem sabe usar as ferramentas!

Bjos Moriae, quem me dera tivesses estado por cá (hão-de haver outras oportunidades!)

Blog Widget by LinkWithin