sexta-feira, setembro 12, 2008

O Chávez é do Caracas

Image Hosted by ImageShack.us
Imagem daqui

"Se ocorrer qualquer agressão (americana) à Venezuela, não haverá petróleo para o povo dos Estados Unidos", disse Chávez durante um comício na cidade de Puerto Cabello, 120km a oeste de Caracas.
"Nós, ianques de merda, saibam, estamos dispostos a sermos livres, custe o que custar"
"A partir deste momento, o embaixador ianque em Caracas tem 72 horas para sair da Venezuela, em solidariedade à Bolívia"
"Vão pro caralho, ianques de merda. Há aqui um povo digno, vão ao caralho 100 vezes", gritou Chávez no palanque.
"a todo o mundo interessa que na Venezuela haja paz (...) Se ocorrer algo grave aqui, deixarão de sair três milhões de barris de petróleo diários, e o preço do petróleo chegará aos 200 dólares".
"Ninguém quer por em risco a maior reserva de petróleo do planeta, a nossa"

( notícia daqui)

Se o Pedro Rolo Duarte se metesse em politiquices, amanhã já o estava a ver a condenar no seu blogue o presidente Hugo Chávez pelo tom de rua. A gente cá gosta é de políticos a cheirar a brilho e a cobra e a mentir-nos descaradamente com um sorriso nos lábios enquanto nos enfia uma facada nas costas. Esta coisa de chamar os bois pelos nomes não é para nós que gostamos de falinhas mansas. E o Pedro que pensava que só o pessoal dos blogues é que dizia caralhadas! Ora toma e embrulha: "Vão para o caralho, ianques de merda, vão para o caralho 100 vezes", eis a linguagem que o povo quer ouvir. E nós aqui com estes políticos tão politicamente correctos a dizer que sim a gregos e a troianos. Já disseste que sim hoje, Pedro?
E no entanto, se formos tão eruditos como o Pedro e consultarmos o termo na Wikipédia descobrimos que afinal "caralho" não passa de uma lenda urbana e por sinal bem edificante e atestada:

"Ahora bien, según el lingüista y navegante Emilio Lovera, carajo es la parte más alta de observación de las antiguas carabelas (y que estaba apoyada en la verga, lugar en el que se hallaba Triana, por cierto, el 12 de octubre de 1492. De allí viene aquello de creerse “la verga de Triana”). El carajo venía a ser, pues, un sitio de castigo: quien allí era enviado, estaba expuesto a toda clase de calamidades, no solo a la inclemencia del tiempo, sino al punto de mayor movimiento del barco con los consiguientes mareos."[3]


18 comentários:

DML disse...

Desculpa, mas o Chavez nao e' exemplo para ninguem...

Ferroadas disse...

Olá amiga

Este sim, tem os tomates no sítio, não tem medo, para além de ter o que o Fidel nunca teve, PETRÓLEO.

Quem pode levar a mal o camarada Chaves usá-lo como moeda de arremesso contra o imperialismo Yanke?

Força companheiro Chaves.

BJS

CRN disse...

Amricanos, vão para casa!
Oferecemos pack de capatazes, pseudo-gestores, com presidente e ministros com experiência, utéis para figurar como fantoches em qualquer outro país conquistado, aqui já começaram a cheirar de maneira insoportável.
Não vale a pena substituir, temos cá coisa melhor!

Ana Camarra disse...

Amiga

O que se pode dizer é que os tem bem pretos...
E ainda bem já vai sendo tempo da América Latina não ser o quintal dos EUA.

beijocas

Zorze disse...

Amiga kaotica, hoje soltastes a franga!!!

É que é isso mesmo. Jogas na minha equipa.

Pró caralho, esses maricas da merda. Bilderbergs e cabrões do género.

Beijos Zen,
Zorze

Pata Negra disse...

Temo que o entusiasmo de Chávez bote por terra a revolução Venuzuelana - muitas vezes, a pureza das revoluções abre as veias aos vírus que as rodeiam. Ainda assim, estou de acordo contigo no essencial: precisamos de portugueses que peguem nos microfones, façam gestos feios e mandem a corja, nome por nome, para o caralho!
Um abraço para ti e o antebraço para todos os cabrões que são falsos à nação

Hertz disse...

pois claro...
“Ó caralho! Ó caralho!
Há gente que não faz nada
nem sequer coçar as pernas.
Há gente que não se importa
de viver feita aos bocados
com uma alma tão morta
que os mortos berram à porta
dos vivos que estão calados.”
(joaquim pessoa)

Kaotica disse...

dml

Nos tempos que vão correndo, haja alguém no poder que ouse afrontar o imperialismo americano. Mesmo se acharmos que a forma não é a mais correcta, o fundo é imprescindível.

Kaotica disse...

ferroadas

O Chávez faz o que pode. Tem na mão o trunfo do petróleo e isso dá-lhe obviamente poder. Por enquanto dão-nos a conhecer o seu lado populista, espontâneo, desbocado, escandaloso; com o tempo iremos saber de que talha é feito. Já vi muitos revolucionários inflamados descambarem (alguns até acabaram na Comissão Europeia!).
Para já delicio-me a vê-lo cheirar o enxofre deixado pelo Bush ou a mandá-los para a outra parte.E também a ver as reacções chocadas dos europeus em relação à sua pessoa, nós aqui que estamos tão habituados a tratar tudo com pinças.

Um abraço

Kaotica disse...

crn

Em tempos Portugal devia ter feito o mesmo, limpar com essa canalha toda daqui para fora, mas os nossos dirigentes da época eram unha com carne com Carlucci's e outros CIA's... e mesmo agora mais recentemente com o caso dos voos de Guantanamo e outras vergonhas... até tivemos ainda há poucos dias que suportar o tu-cá-tu-lá da Condolezza com "o Luís"... Não hão-de eles corar com o à-vontade do Chávez a tratá-los como merecem!

Kaotica disse...

ana camarra

Que cada um fale para o seu povo com a linguagem que melhor se faça entender, desde que depois os actos correspondam às palavras, para mim já vale mais do que muita gente que anda para aí a governar! Uma coisa é certa: se ele fala assim ao povo é porque sabe que o povo o vai entender e suportar.

Kaotica disse...

zorze

Não é todos os dias que se ouve alguém dizer uma destas a respeito dessa gente nas televisões! Tudo o que seja coisas que saem fora fascinam-me, que queres?

Abraço energicamente positivo!

Kaotica disse...

Pata negra

Ai Pata Negra e por cá havia tantos a quem mandar...

Kaotica disse...

hertz

Obrigada por ter aqui trazido o magnífico poema do Joaquim Pessoa. Além disso aguçou-me a curiosidade e proporcionou-me conhecer um blogue onde tenciono voltar.

mugabe disse...

Muitos parabens pelo texto, concordo com tudo, há que combater o imperialismo americano de todas as formas e ter consciência de que lado se está sem ambiguídades !! Abraço!

Anónimo disse...

Cambda de comunistas de merda!!! É só inveja dos Estados Unidos ... ai de nós, se não fossem eles ... ganharam duas guerras mundiais livraram-nos do Hitler e do fascinora do Staline!
E ainda aplaudem um tarado psicopata como o chávez... deviam era ter um Cháves em casa todos os dias ao pequeno almoço e viver na miséria que é a Venezuela........

Kaotica disse...

mugabe

Obrigada, o mérito é todo do Chávez! A ver vamos, como diz o ceguinho!

Ah, e sejas bem vindo!

DML disse...

kaotica

So falam de Imperialismo americano...
De outros Imperialismo nao se fala como China, Russias...
Sou contra muitas cosias dos Americanos... Mas o que e de mais e exagero...
Parece que foram eles que trouxeram todo o mal ao mundo..

*

Blog Widget by LinkWithin