terça-feira, outubro 16, 2007

ADRIANO CORREIA DE OLIVEIRA sempre!


...A VOZ DA LIBERDADE


Mesmo na noite mais triste


em tempo de servidão

há sempre alguém que resiste

há sempre alguém que diz não.


O Pafúncio junta-se à homenagem lançada por As Vozes Silenciadas

2 comentários:

João Rato disse...

Não vou repetir a quadra, venho lembrar apenas que estamos dentro dela!
Um abraço com não

Kaotica disse...

joão rato

"Não" mesmo!

Blog Widget by LinkWithin