domingo, setembro 14, 2008

Reflexões das altas da madrugada

Image Hosted by ImageShack.us

Reparei agora mesmo numa coisa extraordinária: sempre que trago aqui para O Pafúncio conteúdos políticos ou apelos ou comunicados ou documentos teóricos de intervenção política, os comentários são nulos. É que nem para concordar nem para discordar, será por terem letras a mais? Mas no post sobre as caralhadas do Chávez tive uns quantos comentários engraçados, até me veio aqui visitar o tal de anónimo que gosta à brava dos americanos e os considera uns heróis a quem deviamos todos estar eternamente gratos (talvez por terem sido os primeiros a experimentar realmente a bomba atómica?!) e fazer todos os favores. Não vou comentar a ausência de comentários, cada um lá terá as suas razões. Mas não posso deixar de tirar uma conclusão imediata: o Chávez é um estratega da comunicação e exprime-se numa linguagem que todos entendem. Mandar tudo para o caralho é o que está a dar em termos comunicacionais.

8 comentários:

Ana Camarra disse...

Sabes Linda

Ainda há aquela coisa "eu não me meto em politica", como se a politica não estivesse implicita na nossa vida em tudo o que fazemos....

Quanto ao resto, chavez fala uma linguagem directa e verbaliza aquilo que muitas vezes nos apetece, só que num chefe de estado, é mais giro.

Acho que agora ele encarna o povo da ameirica latina farto do jugo do norte e que pronto está decidir fazer as coisas á sua maneira.
E ainda bem!

Olha miga, aí em casa não se dorme?

Beijos

Hertz disse...

rss...talvez os leitores apreciem mais a forma desbocada e humorista de abordar a política...sera?

Pata Negra disse...

Pois é Kaótica, estou farto de apelos, pelos macios, abaixo-assinados, comunicados, documentos e comentários ao quotidiano político! Mais do que os pormenores com que a corja nos atormenta, são as sua segundas intenções - e por favor não lhe chamem ideologia - que me revoltam.
À falta de outras armas, que tratemos os bois pelos nomes. Umas vezes vale mais a palavra, outras vezes, o palavrão!
Notícias do dia, eu não comento! Documentos extensos, eu não leio!
Enxotar moscas, eu não enxoto!
Mafu! Mafu! A merda acabará por secar mas as moscas...
Um abraço sem comentários

mugabe disse...

hehehehehehe,..pois, acho que tens razão mais uma vez, mas olha que o comentário sobre o Chavez foi bem político,....talvez mais apelativo porque mandar umas caralhadas aos americanos sabe sempre bem,...e quando é um presidente da AL..é muito motivador! abraço!

Kaotica disse...

a todos

Cá em casa dorme-se fora de horas quando se pode. Quando não se pode não se dorme!

Muito bem, compreendi a mensagem. Falar de política a sério, ná! Quando quiser fazer passar uma mensagem passarei a introduzir uns pormenores picantes pelo meio e em cada três palavras terei o cuidado de colocar pelo menos uma asneira cabeluda. Assim talvez os meus queridos visitantes passem a ler até ao fim as mensagens políticas que achar importantes de levar ao conhecimento geral. Aliás essa é a metodologia seguida por um blogue que me é muito querido, o Braganza Mothers (ex. Ferreira Leite nua & naked!)

Um abraço a todos e leiam só o que acharem que devem ler e comentem apenas o que lhes der vontade de comentar. Há silêncios que valem por mil palavras!

Abraços a todos que se faz tarde!

Zorze disse...

Kaotica, por não-se comentar não quer dizer que se leia.
Eu leio tudinho até ao fim, é verdade.
Mas sabes que o pessoal quer é, asneiradas.
"Há silêncios que valem por mil palavras!", acho que também não será tanto assim.

Beijos cháckricos,
Zorze

Zorze disse...

desculpa, que não se leia.

Estava um chakra desregulado.

Kaotica disse...

zorze

Há dias assim em que os próprios chakras estão... kaóticos!

Blog Widget by LinkWithin